Vamos despertar o Leão Africano.

sexta-feira, 18 de julho de 2008

IMPACTO T. L. Osborn



Capítulo 15
"Muito bem"
Então, o Senhor me respondeu e disse: Escreve a visão e torna-a bem legível sobre tábuas, para que a possa ler o que correndo passa. (Habacuque 2.2)

É isso, meu amigo, o que tenho feito.
Creio que você sofreu um IMPACTO em sua vida, e que a respeito disso você vai fazer alguma coisa.
Que é que você vai fazer? O tempo corre, voa. Você precisa agir logo, imediatamente, porque, do contrário, será muito tarde.
Você pode tomar parte na evangelização em massa, investindo seus talentos nesse tremendo esforço de ganhar almas no estrangeiro. Não podemos sozinhos puxar as redes. A evangelização de­pende da colaboração, da parceria de todos os fiéis cristãos.
Você pode ganhar almas, encarregando-se do sus­tento do missionário nacional que será como o seu representante pessoal no campo missionário. Se você não pode ir, mande alguém em seu lugar. Você por esse modo poderá também encher o seu barco.
Você pode lançar a sua rede, contribuindo com ofertas que possibilitem levar a mensagem de Cris­to por meio de folhetos e livros, impressos nas lín­guas nacionais de todo o nosso mundo. Esse meio de propaganda do Evangelho está se tornando cada dia mais maravilhoso e eficiente. Oh! Pudéssemos con­tar agora com um milhão de Reais só para efetivar esse plano! As mensagens estão prontas, os traduto­res e as impressoras estão esperando. Oh! Venha aju­dar-nos.
Se você é missionário, ou ministro, ou obreiro na­cional, pode perfeitamente tomar parte na evangeli­zação, cooperando no sentido de fazer circular essas mensagens impressas em cada vila ou cidade de sua área, ou campo evangelístico. Também, como missio­nário, você pode expandir bastante o seu ministério, preparando obreiros e daí superintendendo seus es­forços, para que, como missionários nacionais, atin­jam áreas ainda não alcançadas, sendo sustentados por fundos provindos de nossa Associação Pró-evan­gelização por Meio dos Nacionais.
Você pode cooperar de maneira vital, repartindo o que Deus pôs em suas mãos, para possibilitar que essas mensagens de Cristo sejam pregadas através de vitrolas, de gravadoras de som, de discos, de filmes; e, assim, reproduzidas aos milhares, possam ser ou­vidas por todos os habitantes dessa nossa Terra.
O custo desse braço ministerial é tremendo.
Mesmo depois de termos ido a muitos desses paí­ses e termos trabalhado com intérpretes, cada disco, cada fita gravada, cada filme deve ser reproduzido em milhares de cópias para cada país. Isso fica em milhares de Reais.
Precisamos ainda adquirir projetores, vitrolas, gravadores de som às centenas para equipar os obrei­ros nacionais de modo que possam levar essas men­sagens a milhares de cidades e vilas.
Assim, pois, é claro que dependemos da fidelida­de de Deus e de sua participação, amigo leitor, para que essas fazes do ministério da evangelização mun­dial se completem.
Estamos indo para a frente e fazendo tudo quan­to possível. O resto depende do povo de Deus que deve cooperar conosco. Sozinhos não podemos puxar as redes para dentro do barco.
Fazendo alguma coisa em favor dessa fase da evangelização, você pode também encher seu barco de muitos e muitos peixes. E o Senhor lhe dirá, então: "Muito bem".
Se você é missionário nacional ou estrangeiro, evangelista, obreiro leigo ou simples membro de igre­ja, pode oferecer-se pessoalmente para manusear es­ses projetores, filmes, vitrolas e discos e sair de cidade em cidade, de vila em vila para apresentar essas men­sagens gravadas. Você gostaria de ganhar milhares de almas por esse modo? Está pronto para fazer isso?
Você pode levar a cabo conosco a obra da evange­lização, ajudando a espalhar nossos livros e tratados, oferecendo-os a cada lar que possa ler e entender.
Pode ainda ajudar a colocar a nossa revista men­sal — Faith Digest — em cada lar cristão do mundo que fala o inglês. A circulação de nossa revista só pode aumentar à medida que milhares de seus leitores nos mandem os nomes e endereços de outros interessa­dos em lê-la.
Esse é um dos modos pelos quais podemos encher de almas o seu barco, seja qual for a sua idade, e mes­mo que não disponha de nenhum dinheiro.
Isso requer de você pequenino esforço. Mas, pode ser o meio de você salvar milhares que ainda não fo­ram alcançados pelo Evangelho.
Você pode tomar parte conosco na produção do maior número de filmes de milagres na obra missionária; sobre outros assuntos evangélicos, como Ouro negro, Colheita javanesa, e Maravilha Holandesa. Novos enredos estão prontos para filmagem, embora requeiram sócios e financiadores fiéis.
Cada filme missionário — anunciando as mara­vilhas do poder de Deus — custa milhares de dólares, mas por muitos anos, levarão multidões para Cristo.
Agora que estão sendo traduzidos para outras lín­guas, já nem mais podemos imaginar quantas cente­nas de milhares poderão ouvir por esse meio a men­sagem do Evangelho.
O amigo leitor já pensou que no momento em que pudermos levar um desses filmes, juntamente com o equipamento para projetá-lo, a um país não evangelizado, a fim de exibi-lo na língua dele, praticamente estaremos inaugurando um reavivamento em toda a nação?
Já está provado que esses filmes, evangélicos e evangelísticos, apresentando o poder salvador e curador de Deus em terras estrangeiras, são os instrumentos mais poderosos deste mundo para atrair multidões e levá-las a se decidirem por Cristo.
São precisos centenas de milhares de Reais, sim, milhões, para fornecer esse equipamento a obreiros consagrados à obra de evangelização mundial; mas é certo que, com a ajuda de Deus e com a cooperação franca e leal dos genuínos cristãos, muito logo vere­mos realizado esse ideal.
Mas, repito: sozinho não posso puxar as redes para dentro do barco.
Se você é pastor, evangelista ou missionário, e real e sinceramente quer expandir o seu ministério, você pode cooperar conosco num serviço de tempo inte­gral, na qualidade de co-evangelista, trabalhando com os nossos filmes, livros, discos, revistas em inglês, per­correndo com eles toda a sua área ou campo evangelístico.
Você poderá ver, então, centenas de pecadores ganhos para Cristo através desse ministério efetivo. Caso você não possa fazer isso pessoalmente, poderá fazê-lo pela instrumentalidade de um co-evangelista que possa trabalhar em sua igreja ou campo evangelístico. Assim, certamente você encherá o barco com muitas almas salvas. E estará influen­ciando para o bem, para Cristo, a sua geração.
Isto é a co-evangelização!

Um comentário:

GERALDO disse...

a paz do SENHOR.
TENHO LIDO ALGUNS LIVROS SEUS E ESTA,ME AJUDANDO MUITO,NO MEU MINISTERIO,QUE DEUS POSSA CADA DIA CONTINUAR ABENÇOANDO O SENHOR
IRMAO GERALDO BRASIL,SJ MERITI